Material escolar

A compra de materiais escolares sempre causa grandes preocupações para os pais. Como gastar menos e onde encontrar produtos de qualidade? Um problema nessa hora é que a maioria dos brasileiros tem grande dificuldade em realizar boas negociações, em função da timidez ou da ideia de que o preço do produto não pode ser alterado.

Esse é um engano, os preços estabelecidos por uma loja podem e devem ser questionados, isto faz parte do ato de negociar. Veja algumas dicas:

– Realize as compras de materiais escolares em conjunto com outros pais, o que dará maior chance para negociar menores preços.

– Levante todo o material escolar que sobrou no ano anterior, separando o que pode ser reaproveitado ou não, nessa hora é importante lembrar que as trocas de livros didáticos entre alunos de séries diferentes representam grande economia.

– Não se deixar levar pelos desejos dos seus filhos, eles vão querer comprar produtos da moda e que contenham imagens de artistas ou personagens de sucesso, o que faz com que os preços desses produtos fiquem muito mais caros.

– Na hora da compra é fundamental saber falar e se expressar, buscando a melhor opção de pagamento. Sempre faça a pergunta, “quanto custa este produto à vista?” Isto ajudará muito.

– Escolha bem a marca do produto (nem sempre a mais conhecida e cara é a melhor); pesquise o preço em pelo menos três lugares com visitas presenciais, negocie a vista e pague a prazo, mas as prestações devem caber em seu orçamento mensal futuro.

– Recicle materiais, além de ser uma forma de economizar também desenvolve o espírito lúdico das crianças, para isso, basta pegar os matérias mais desgastados e dar a eles uma nova vida, uma capa nova, etc.

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta