Medo irracional

Sentir medo é um legado evolutivo vital, ou seja, algo que os seres humanos desenvolveram há muitos anos que possui claro papel na sobrevivência da espécie: evitar ameaças. Esta emoção, produzida pela percepção de um perigo presente ou eminente, é normal em determinadas situações e é considerada racional. O problema, segundo o psicólogo Eraldo Melo, é quando o indivíduo desenvolve o chamado medo irracional, que aparece quando não há o que temer, como o escuro.  “Isso pode paralisá-lo e impedir que ele conquiste algo ou viva determinada experiência sem que exista uma causa real”, explica o profissional.
Melo ressalta que, muitas vezes, o medo irracional requer análise profunda a respeito da sua essência, pois pode estar relacionado a uma fobia ou transtorno psicológico.  “É fundamental refletir sobre o que está gerando esta sensação: pensar no passado, em ocasiões vividas, o que precisou enfrentar e qual foi o efeito disso. Identificar é o primeiro passo para enfrentar a situação”, aconselha.
Por fim, o psicólogo afirma que a decisão de derrotar o medo precisa partir do próprio indivíduo, que deve se colocar à prova e encará-lo aos poucos até se acostumar com aquilo que o gera. Contudo, é recomendado que este tipo de técnica seja aplicada com a supervisão de um especialista. “O medo pode ser um obstáculo crucial para o nosso crescimento, para podermos seguir em frente e, por isso, é importante aprender a enfrentá-lo. Se permitirmos que ele nos paralise, deixamos que nossos objetivos muitas vezes escapem”, conclui Melo. 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!