Momento detox

Desde a antiguidade, os chás eram usados por curandeiros para cuidar dos doentes e machucados. A infusão de ervas na água é uma prática antiga, que acabou ganhando adeptos em todo o mundo, em especial na Inglaterra. “Graças ao seus poderosos antioxidades, a bebida traz inúmeras vantagens para a saúde física e mental, sendo um estimulante do bem-estar geral”, explica o médico Theo Webert. “Pode ser usada, por exemplo, como prevenção e tratamento de aterosclerose, que é a formação de placas nocivas nas paredes das artérias, além de ser ótima na prevenção da diabetes”, completa.
Como forma de desintoxicação, Theo elencou quatro chás que podem ajudar na aceleração ou mesmo diretamente na limpeza do organismo, principalmente após períodos de grandes descuidos:

Chá de dente-de-leão

Com sabor amargo, mas fresco, esta opção atua no fígado, estômago e bexiga. “O dente-de-leão tem ação antirreumática, colágena, diurética e laxativa”, afirma Webert. Ele também ressalta que as partes verdes da planta são excelente fontes de nutrientes, em particular de oligo-minerais.

Chá de hortelã
Mais conhecido como menta, o chá tem sabor inconfundível e sua sensação é de refrescância. Segundo o médico, é indicado para pessoas que sofrem com complicações nos órgãos digestórios. Além disso, alivia náuseas, febre e tosse e aumenta o poder de concentração.

Chá de sálvia

Este tipo ajuda a tratar secreções, flatulência, umidade na área genital e é usado para secar o leite ao fim da amamentação. Também auxilia no tratamento da gengivectomia, atrofia e úlceras das gengivas.

Chá de alcachofra
A bebida possui ação anticolestática, antiemética, colagoga (para contrair a vesícula), depurativa, diurética, hepatoprotetora, restauradora das funções hepáticas e hipocolesterolêmica. De acordo com o especialista, a alcachofra é, ainda, um fitoterápico muito importante para o tratamento da depressão do fígado.  

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!