Mudança de hábitos

Na correria do dia a dia, alguns hábitos são prejudiciais à saúde, como os cafezinhos no trabalho e muitas horas sem se alimentar. O problema é que, com o passar dos anos, esses maus costumes podem prejudicar a saúde, principalmente a do estômago. Segundo o médico gastroenteologista, Décio Chinzon, é importante lembrar que os problemas digestivos podem levar anos para aparecer.
“A saúde do estômago depende de vários fatores. Além de uma alimentação regrada, que evite produtos ricos em gordura e contemple verduras e legumes, é preciso fazer pequenos lanches entre as refeições, como uma fruta, por exemplo. Além disso, devemos lembrar que o estresse sensibiliza o aparelho digestivo, por isso é importante procurar atividades que diminuam a ansiedade e nervosismo”, destaca o especialista.
O consumo de alguns medicamentos com frequência também pode afetar a saúde digestiva. Os anti-inflamatórios e o ácido acetilsalicílico, por exemplo, podem aumentar a acidez estomacal e causar mal estar, mas vale ressaltar que antes de parar qualquer tratamento um médico deve ser consultado.
Outro hábito que pode levar a problemas estomacais é tomar vários cafés ao longo do dia. “Quando consumida moderadamente, a cafeína não prejudica o sistema digestivo. Entretanto, quando em excesso, ela pode aumentar a produção de ácidos digestivos, sendo mais prejudicial ainda para quem já apresenta alguma doença no trato digestivo”, afirma Chinzon.
Os principais sintomas relacionados a problemas no estômago, como a gastrite esofagite, pólipos ou até uma úlcera são: dor ou sensação de queimação no estômago, enjoos, vômitos, perda de apetite e, em alguns casos, até diminuição do peso. Após a análise do histórico do paciente, o médico pode solicitar uma endoscopia para confirmar o diagnóstico. 
Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta