Mundo oriental em Nova York

Manhatann é um lugar que abriga um pouco do mundo todo e é em Nova Yokr que está uma das maiores populações de imigrantes chineses do mundo. O bairro Chinatown conserva os sabores da culinária, cultura e da história deste povo.

Confira alguns dos pontos mais bacanas de Chinatown, além de um roteiro com nove passeios que podem ser feitos a pé pelo bairro mais oriental de Nova York.

Chatham Square

Interseção entre sete ruas principais, incluindo a Bowery e a Mott Street. Este trecho é uma ótima metáfora para a confluência de culturas e um dos melhores lugares da cidade para você pedir uma sopa de noodles ou um dim sum. Não deixe de conferir a estátua de Lin Zexu, um oficial da Dinastia Qing que lutou contra a importação ilegal de ópio pelos ingleses.

Pearl River Mart
Na 477 Broadway, em um espaço de 2788 m2, o Pearl River Mart vende de lingerie a instrumentos musicais, passando por estátuas de Buda e seda bordada, na pacífica convivência do sublime com o puro kitsch. É isso que faz deste mercado uma verdadeira experiência de compras e de sua galeria de móveis orientais no terceiro andar a maior de Chinatown. Além disso, o Pearl River conta também com uma casa de chá no mezanino para uma pausa relaxante.

Museu dos Chineses na América
Com 30 anos de existência, o museu foi repaginado e desde o ano passado está localizado em um antigo espaço industrial, se tornando a atração mais refinada de Chinatown. O prédio tem design assinado pela arquiteta Maya Lin, que optou pela aplicação de materiais ecológicos. Com exposições permanentes que contam a trajetória da História Chinesa nos EUA, as mostras trazem fotos, mobília, arquitetura e diversas opções interativas que contam desde o processo de imigração até a era de ouro de Bruce Lee. Às quintas-feiras o horário de funcionamento é estendido e a entrada é gratuita. E durante todo o mês de março, aproveite o desconto de 20% nas compras feitas na loja do museu. Os cupons de desconto podem ser obtidos em diversos pontos da cidade, via Information Center ou no site da nycgo.com

The Five Points Variety Hour
Localizado na 40 Mulberry Street, é um show de variedades que reúne comediantes, poetas e performers. A propriedade que ficava em uma modesta casa de chá ganhou ares de grande espetáculo em um novo espaço muito mais luxuoso. Os shows acontecem todas as quintas-feiras a partir das 19h no Ásia Roma, seu restaurante italiano com inspiração asiática.

Ten Ren
Para amantes de chá, culinária e cultura chinesa o Ten Ren é um paraíso para os sentidos. Com sede em Taiwan, esta é a maior companhia de chá da ilha. Na filial de Chinatown, existe um diversificado leque de opções em folhas de chá nativas. Com um sem número de variações (só o jasmin possui cinco) e tipos de chá, é possível literalmente se perder em possibilidades. Pensando nisso, o mercado lança mão da ajuda de seus habilidosos funcionários, cuja orientação pode se converter em verdadeira aula sobre a bebida. Para uma imersão total, é possível agendar uma cerimônia tradicional do chá, que acomoda até 10 convidados. As apresentações duram 20 minutos e incluem dois chás à escolha do cliente, além de informações sobre sua origem e técnicas apropriadas do processo de produção.

Teariffic Café
É a casa de chá mais criativa e esquisita de Chinatown. Com misturas ousadíssimas, você vai experimentar chás bem diferentes. Uma das bebidas, por exemplo, é feito à base de chá com leite e pérolas de tapioca negra enormes. Entre as opções da seção "exótica" do menu, o famoso "Blazing Sun", que leva limão, mel, xarope de pêssego e gema de ovo. Para acompanhar, snacks asiáticos em porções tão exóticas quanto as bebidas se apresentam na forma de testículos de chocos fritos. Os mais tradicionais podem ficar somente na confort food e pedir algumas torradinhas com leite condensado…

The Chinatown Ice Cream Factory
Localizada na 65 Bayard Street, a fábrica de sorvetes de origem familiar se fixou no bairro desde 1978. Com sabores de inspiração asiática e difíceis de encontrar em qualquer outro lugar, entre os especiais estão lichia, taro, durian, cookie de amêndoas chinesas (este feito com migalhas de cookies) e o exótico Zen Butter (preparado com um mistura de amendoim e sementes de gergelim). E mesmo que você opte pela zona mais segura, como o sorvete de manga, chá verde ou mesmo as famosas tortas de abóbora que se vêem por aí em Nova York.

Kamwo Herbal Pharmacy
É a mais antiga farmácia de ervas medicinais da cidade e ainda mantem a balança de pesagem manual. Embora a Kamwo seja especializada em abastecer praticantes da Tradicional Medicina Chinesa, nada impede os turistas de levarem um pequeno "souvenir". No balcão há remédios para dor de garganta, tosse e compressas para dor nas costas. Além disso, estudantes de acupuntura da Pacific College estão a postos todos as tardes para tirar dúvidas e oferecer tratamentos na clínica de aprendizes todas às quartas, a $ 40 dólares a sessão. O local ainda oferece muitos chás orgânicos e ingredientes culinários como anis estrelado, canela e goji berries.

Templo Budista Mahyana
Localizado na 133 Canal Street, o templo aberto ao público e com entrada franca, possui uma grande área para meditação, além de contar com espaço para descanso e reflexão diante de um Buda de quase cinco metros de altura (a maior atração do local). O templo ainda possui uma seleção de esculturas de marfim exposta em sua gift shop e que, embora não esteja à venda, vale a contemplação.

ROTEIRO GASTRONÔMICO ORIENTAL

Confira uma seleção de restaurantes orientais, essa é para quem gosta de comer de palitinhos.

Dim Sum Go Go
Comida couture para viagem. Isso é coisa de Nova York. O restaurante cheio de dim sums no cardápio recebeu um elogioso "Bib Gourmand" no Guia Michelin 2010. Os pratos sempre chegam estalando de quentes e perfeitos. O menu oferece também os famosos dumplings (bolinhos cozidos no caldo) nas versões vegetariana ou com recheio de carne.

Joe’s Shangai
Considerada quase um obra de arte, no Joe’s Shangai cada bolinho é meticulosamente recheado com caranguejo e um saboroso caldo. Diferente dos tradicionais dumplings, este requer uma forma especial de ser comido: faça um furinho e aprecie primeiro o caldo e depois a massa separadamente. Isso vai dar uma idéia do porquê há sempre longas filas de espera na entrada.

Food Sing 88
O non-frills noodle soup joint é opção do cardápio para quem quer seu prato oriental com aparência de espaguete. O processo de feitura da massa é um espetáculo à parte, que vale a pedida só para ver o cozinheiro trabalhando habilidosamente a massa. Já os mais atirados podem pular direto para a seção que contempla pratos à base de rabo de boi, tripa e tendão.

Pho Grand
Chinatown reúne também alguns dos melhores restaurantes vietnamitas. Não perca a oportunidade de experimentar o pho – uma sopa preparada à base de noodles de arroz e uma fatia finíssima de carne. O segredo está no caldo, que a Pho Grand prepara com grande maestria. Com mais de 20 tipos de sopa à escolha, vale a pena experimentar também o "Xe lau", a versão de luxo com todas as partes da carne.

Ian Zhou Handmade Noodle
Em Chinatown, prove um ramen artesanal feito por quem entende do assunto. Por trás de um balcão improvisado e paredes de azulejo ao estilo boteco, os macarrões perfeitos e elásticos do Ian Zhou são impecáveis e as atrações ao vivo impagáveis. Para acompanhar, peça dumplings que derretem na boca.

Ipudo
Nova York recebeu o primeiro restaurante da cadeia japonesa Ippudo na América. Cheio de estilo, o restaurante possui decoração com árvores de bamboo e réplicas de noodles em plexiglass no bar. O aroma que se desprende da cozinha já dá uma boa idéia do que esperar.

Momofuku Noodle Bar
É um dos restaurantes mais cobiçados da cidade. A fama se deve ao número limitado de assentos e a um balcão diminuto, que transformou o Momofuku em um dos pontos mais exclusivos da Big Apple, rendendo muitas tentativas de se conseguir uma mesa para comer seu lendário frango frito (servido somente sob reserva prévia). Impossível deixar de provar o menu do Chef David Chang. O segredo do sucesso é um ramen ultra sedoso e uma carne de porco impecavelmente bem preparada, extremamente tenra, finalizada com ovos cozidos à perfeição.

Naruto
No Upper East Side, os noodles são servidos exclusivamente no balcão. Ninguém por lá assume que come comida de "barraquinha", mas o que importa é a qualidade dos suculentos macarrõezinhos, que são produzidos na Califórnia com ingredientes importados do Japão. As variedades de missô também estão entre os favoritos do cardápio, acompanhados por porco ao molho de soja e guioza de porco.

 


Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!