Não conseguiu assistir à Copa na Rússia?

Brasileiro é apaixonado por futebol. Disso a gente já sabe. Para os fãs, assistir à Copa do Mundo nos estádios é um sonho que parece difícil de alcançar. Afinal, o pacote “viagem + ingressos” não é nada barato, ainda mais quando o campeonato acontece em países tão distantes quanto o Catar, primeiro país do Oriente Médio a sediar um Mundial.
Para quem não conseguiu ir à Rússia ver a Copa de 2018 por falta de dinheiro, agora é a hora de se planejar! Com a ajuda da corretora Easynvest, listamos 5 dicas para te ajudar a alcançar essa meta em 2022.

1) Planejamento é crucial
Não existe falta de dinheiro, e sim de planejamento. O principal passo para que esse sonho se torne uma realidade é pesquisar tudo sobre o país-sede da próxima Copa. Alguns exemplos: onde serão os jogos e quais hotéis ficam mais próximos dos estádios, se existem bares noturnos onde imigrantes podem beber, pontos turísticos mais legais para se visitar, como a The Pearl, uma ilha artificial na costa do Catar, e o Souq Waqif, um dos principais mercados da capital.

2) Calcule os gastos básicos
Numa busca rápida na internet é possível ver que o valor médio da diária em um hotel 3 estrelas no Catar hoje é de R$ 230 (US$ 60), já com café da manhã e Wi-Fi. Já as passagens aéreas, ida e volta, estão custando por volta de R$ 6.400, e o gasto diário com alimentação fica por volta de R$ 250 por dia (US$ 65), segundo sites de turismo. Por fim, os ingressos dos jogos devem custar R$ 400, ou R$ 1.600 para assistir quatro jogos. Portanto, tendo em mente esses gastos básicos para uma semana, é necessário juntar por volta de R$ 10.000. Claro que isso irá variar de acordo com cada estilo de viagem/viajante e o tempo que pretende passar na cidade.

3) S* happens
É normal que imprevistos aconteçam, então é importante se prevenir. Levar dinheiro extra, a famosa "gordurinha" do orçamento, e fazer seguro viagem são muito importantes para garantir o sucesso da sua viagem, pois dão mais segurança em caso de qualquer eventualidade.

4) Tenha disciplina
Para tirar o seu plano do papel e juntar a quantidade necessária de dinheiro, seria preciso reservar uma quantia específica todo mês. Só para se ter uma ideia, se você guardar R$ 100 embaixo do colchão de agora (ainda no mês de agosto) até outubro de 2022 (a Copa acontece de 21 de novembro e 18 de dezembro) terá juntado R$ 5.200 ao final desses 52 meses. Mas como ninguém mais guarda dinheiro dessa forma, você pode pensar: vou colocar o meu dinheiro na poupança! Mas como a poupança não é um investimento, você teria um rendimento quase insignificante, de aproximadamente R$ 5.767,00, o que cobriria apenas a correção dos preços nos itens básicos do seu orçamento de viagem.

5) Multiplique o seu dinheiro
E se, ao invés de deixar o seu dinheiro parado na poupança, você decidir investi-lo? Nesse caso, seus R$ 5.000, se aplicados no Tesouro Direto, podem render 34% a mais que a poupança!
Uma opção para isso é investir na Taxa Selic, que aceita depósitos a partir de R$ 30. Assim, investindo os mesmos R$ 100 por mês do exemplo anterior, você chegaria a 2022 com aproximadamente R$ 6.000,00*. Para complementar os R$ 10.000,00 do planejamento inicial, a dica é economizar também os quatro próximos 13º salários. Em uma conta básica, considerando aproximadamente o salário mínimo (R$954,00), são quase R$ 4.000,00 a mais, sem contar o rendimento dessa grana investida.

Empolgado? Então pesquise o melhor investimento para você e comece logo a investir para torcer pela nossa Seleção direto da arquibancada!

*rentabilidade da poupança considerada a 0,4% ao mês; Tesouro Selic 6,50% ao ano. 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta