Nova regência

A Prefeitura Municipal de Campinas através da Secretaria de Cultura apresentou na sexta-feira (27) a maestrina Ligia Amadio como a Regente Titular da Orquestra Sinfônica de Campinas. Também foram anunciadas as novas propostas e a Temporada 2009, que este ano homenageia os compositores Villa Lobos, Cláudio Santoro, Ernest Mahle, Felix Mendelssohn e Richard Strauss.

Por indicação dos músicos e a convite do Prefeito Dr. Hélio de Oliveira Santos e do Secretário de Cultura, Prof. Arthur Achilles Gonçalves, Ligia Amadio assumiu a direção artística e a regência titular da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas. Ligia é considerada uma das mais importantes maestrinas do Brasil e já atuou em diversos países, rebendo prêmios e se destacano em grandes Sinfônicas.

Os concertos que abrem a temporada 2009 acontecem nos dias 7 e 8 de março às 20h e 17h, respectivamente, no Centro de Convivência Cultural Carlos Gomes de Campinas.

A venda de assinaturas já está aberta e acontece na sede da Sinfônica de Campinas. Mais informações pelo telefone (19) 3237 2730.


A maestrina Ligia Amadio

Ligia Amadio realizou o Bacharelado em Música – com habilitação em regência – e o Mestrado em Artes na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), após haver concluído o curso de Engenharia de Produção na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP).

Sua atuação estende-se por Alemanha, Argentina, Áustria, Bolívia, Chile, Colômbia, Croácia, Cuba, Eslovênia, Estados Unidos, França, Itália, Japão, Holanda, Hungria, Peru, Portugal, República Tcheca, Rússia, Sérvia e Venezuela.

Premiada no célebre Concurso Internacional de Tóquio (1997) e no II Concurso Latino-Americano para Regentes de Orquestra em Santiago do Chile (1998), em 2001 recebeu o prêmio “Melhor Regente do Ano” no Brasil, outorgado pela Associação Paulista de Críticos de Arte, por sua atuação dirigindo a OSESP.

Atuou como regente titular e diretora artística da Sinfônica Nacional, entre 1996 e 2009. Entre 2000 e 2003, ocupou a função de regente titular da Orquestra Sinfônica da Universidade Nacional de Cuyo, em Mendoza, Argentina. Em 2003 recebeu os prêmios Lira à Excelência e Raízes, devido a seu trabalho à frente dessa orquestra.
Sua discografia reúne 11 CDs e cinco DVDs: à frente da Sinfônica Nacional, da Sinfônica da Rádio e Televisão Eslovenas e da Sinfônica de Mendoza, na Argentina. Entre eles, destaca-se a realização da coleção Música Brasileira no Tempo, uma coleção de CDs e DVds sobre a história da Música Brasileira, distribuída para todas as escolas públicas do território nacional. De 2000 a 2002, produziu e apresentou a série Música e Literatura, e em 2008, a série Stravinsky: Vida e Obra, na Rádio MEC FM, no Rio de Janeiro.

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta