Novas regras para trocar de plano de saúde

Please select a featured image for your post

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anuncia nesta quarta-feira, dia 14, as mudanças a troca de plano de saúde sem perder direitos, a chamada portabilidade. As regras valem para planos individuais e feitos depois de 1999. De acordo com estimativas da ANS, seis milhões de pessoas poderão ser beneficiadas com as novas regras.
A portabilidade permite que o cliente individual de plano de saúde troque livremente de operadora sem perder os direitos e ainda mantenha a carência e o valor da mensalidade. Planos coletivos estão fora das novas regras e as empresas terão até abril para se adaptar às novas medidas.
Com a portabilidade, ao mudar de empresa, o consumidor vai poder levar as carências já cumpridas – aquele período em que não têm direito a algumas coberturas.
Os planos serão divididos em faixas de preços, de acordo com o valor da mensalidade, ou seja, para ter direito à portabilidade, o consumidor terá que escolher um plano com valor equivalente ou mesmo mais barato que o de origem. As trocas poderão ser feitas um mês antes ou depois da data de aniversário do contrato.


Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta