Novo recorde

O DZT – Centro de Turismo Alemão divulgou um novo recorde do país europeu: em 2017, a Alemanha registrou, pela oitava vez consecutiva, um aumento significativo no número de visitantes estrangeiros. De janeiro a dezembro foram contabilizados 83,9 milhões de pernoites internacionais em hotéis com mais de dez leitos – 3,1 milhões a mais que em 2016. Isso corresponde a um aumento de 3,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. Nesse cenário, a diretora da instituição no Brasil, Margaret Grantham, disse que o número de pernoites de brasileiros na Alemanha cresceu 14% em relação a 2016. "Só em dezembro o crescimento foi de 5%”, afirmou.
Em relação às localidades que mais atraem brasileiros, ela destacou que as chamadas Cidades Mágicas constataram aumento de 15%, superando o crescimento geral em 1%, sendo responsáveis por 39% dos pernoites de brasileiros no país com 300 mil pernoites.
Entre os municípios mais procurados, Frankfurt teve 12% a mais (60 mil pernoites), enquanto Nurembergue mais 19,4% (15 mil pernoites), Stuttgart teve 17% de incremento (16 mil pernoites) e Colônia, 14,2% a mais (27 mil pernoites). Mas, líderes absolutas, Berlim e Munique encabeçam o ranking de destinos preferidos dos brasileiros. A capital alemã alcançou a marca de 31,15 milhões de pernoites de estrangeiros, sendo 5,1 milhões de brasileiros (aumento de 10,2% em relação a 2016). Margaret afirmou que o Brasil é o segundo mercado overseas que mais envia turistas a Berlim, atrás apenas dos Estados Unidos.
Munique, por sua vez, é a segunda cidade mais visitada por brasileiros e obteve, igualmente, crescimento impressionante: registrou 49.457 chegadas, o que equivale a uma ampliação de 18,3% e 133.263 pernoites (+24,5%). Com média de permanência de 2,7 noites, o Brasil detém a terceira maior taxa de permanência na capital da Baviera após árabes e indianos.
Fora do circuito das metrópoles alemãs, a medieval Rothenburg também vem despontando na lista de preferências dos brasileiros, que estão entre as dez nacionalidades que mais pernoitam na bucólica cidade, tendo registrado crescimento de 18,7% em relação ao mesmo período de 2016. Baden Baden, por sua vez, também detectou consistente aumento de brasileiros, cujo número de chegadas foi 33,25%
superior em 2017 (face a 2016) e de pernoites, 21,75% a mais.
Em relação ao constante crescimento da Alemanha como destino de férias, a presidente do Conselho Nacional de Turismo da Alemanha (GNTB), Petra Hedorfer, explicou que ao longo de 2017, o turismo internacional desenvolveu-se de forma muito dinâmica. "Em comparação com o ano anterior, fechamos o ano de 2017 com quase três vezes mais crescimento. Os dados do quadro econômico positivo, a estabilidade política em importantes mercados e o excelente posicionamento da Alemanha como destino de viagem e como marca em competição internacional constituem a base deste excelente balanço patrimonial”, finalizou.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta