O combate ao bullying

A palavra Bullying tem sido adotada em vários países para definir todo tipo de comportamento agressivo, intencional e repetitivo inerente às relações interpessoais e que pode produzir consequências graves, que vão desde problemas de aprendizagem até sérios transtornos de comportamento.

Geralmente, as vítimas são os indivíduos considerados mais frágeis, transformados em objetos de diversão e prazer por meio de “brincadeiras” maldosas e intimidadoras.

Segundo levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com alunos do 9º ano do ensino fundamental, quase um terço dos estudantes das 26 capitais brasileiras e do Distrito Federal afirma ter sofrido bullying alguma vez na vida escolar. Esse estudo faz parte da Pesquisa Nacional de Saúde Escolar 2009 e também revelou que o problema tem ocorrido, em maior proporção, nos colégios privados (35,9%) do que nos públicos (29,5%).

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta