O mundo chora a morte de Ted Kennedy

Please select a featured image for your post

O senador Edward “Ted” Kennedy morreu na noite desta terça-feira, dia 25, aos 77 anos, vítima de câncer. Último patriarca da família Kennedy, ele era o mais novo de nove filhos e se formou em Harvard.

Ted Kennedy representou a elite rica e bem educada nas melhores universidades, mas teve a vida marcada por tragédias como os assassinatos dos irmãos, o presidente John F. Kennedy em 1963 e de seu outro irmão, o senador e ex-procurador-geral Robert Kennedy, em 1968.

Em 1964, ele próprio escapou por pouco da morte em um acidente de avião onde morreram um assessor e o piloto. Também viveu momentos difíceis em casa, quando seu filho, por causa de um câncer, sofreu uma amputação de perna ou quando se separou da esposa Joan depois de 22 anos de casamento.

Depois de cinco décadas como senador democrata, Edward Kennedy ganhou a admiração de todos os setores por seu empenho em continuar exercendo a função legislativa apesar de um câncer no cérebro.

Dos Kennedy ainda sobrevivem sua esposa Victoria e seus três filhos: Kara, Edward Jr., e Patrick, membro da Câmara de Representantes.

Kennedy era um dos principais defensores da reforma da saúde, uma das marcas do governo Obama.

O velório deve ser fechado e acontece amanhã, sexta-feira. O enterro acontecerá no sábado em Washington.

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta