Obesidade mórbida

Please select a featured image for your post


Estudo realizado nos EUA revelou que o índice de massa corporal (IMC – relação de peso com a altura, utilizado no mundo todo como indicador geral de saúde) ideal está associado a menor risco de morte.

Os pesquisadores descobriram que pessoas saudáveis, que nunca fumaram, e que estavam com sobrepeso (IMC 25 a 29,9) têm 13% a mais de chances de morrer devido a complicações relacionadas à obesidade.

Em pessoas obesas, com IMC entre 30 e 34,9, o aumento de chances de morte é de 44%. Em pessoas com IMC entre 35 e 39,9 o risco é de 88% e de 250% em pacientes com obesidade mórbida, com IMC entre 40 e 49,9.

O Brasil figura entre os 10 países com maior percentual de diabéticos, com 6,4% da população geral.

Tratamento Cirúrgico

Vários estudos realizados estão avaliando a eficácia da cirurgia bariátrica no tratamento do diabetes tipo 2, forma mais comum da doença, em pacientes obesos. O Brasil é um dos pioneiros no procedimento.

A Cirurgia do Diabetes melhora a sensibilidade à insulina nos pacientes e a habilidade do corpo de aproveitar a glicose na corrente sanguínea. A sensibilidade à insulina é prejudicada em pessoas com diabetes tipo 2, resultando no acúmulo de açúcar no sangue.

Os bons resultados da cirurgia para o controle do diabetes tipo 2 devem-se, basicamente, a dois fatores: a perda de peso do paciente e principalmente a alteração hormonal.

 

 

 

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta