Pausa na dieta

Boas notícias para quem vive numa dieta restrita em busca do corpo e do peso ideal. Não há dúvidas de que a alimentação a base de frango cozido, batata doce e pasta de amendoim pode apresentar resultados, mas quando intercalada com as refeições ricas em calorias, os resultados podem ser ainda melhores. Isso mesmo. O famoso "dia do lixo" tem seu valor. Pizza, batata frita, milkshake, hambúrgueres estão liberados.
Recentemente, foi divulgado o resultado de um novo estudo australiano que afirma que os participantes que se submeteram a uma restrição alimentar drástica por determinado período tiveram menos resultado na perda de peso, que era o objetivo, do que os outros que faziam uma pausa na dieta no mesmo período. De acordo com o endocrinologista Flávio Cadegiani, sair da dieta de forma programada ajuda a emagrecer, porque mantém o metabolismo mais rápido. "Muito tempo de privação pode reduzir o metabolismo, e desta forma qualquer derrapada na alimentação muito restrita é prontamente sentida na balança", afirma o médico. No entanto, faz um alerta: "as escapadas da dieta precisam ser programadas".
Para quem leva uma vida fitness, mas valoriza os momentos de prazer como parte imprescindível para uma vida saudável, o médico defende que a dieta restritiva não acabe em neurose alimentar. "Por isso, eu exijo que meus pacientes se permitam a momentos de prazer. Até porque a vida pode e deve ser aproveitada de todas as formas", reforça.

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta