Proibição ao fumo

O comportamento dos fumantes em locais coletivos e fechados terá que mudar a partir do dia 6 de agosto. Nesta data entra em vigor, em São Paulo, uma lei de proibição ao fumo. Segundo dados do Ministério da Saúde, a cada ano ocorrem 200 mil mortes por doenças relacionadas ao tabagismo no Brasil. No mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde, oito mil pessoas morrem diariamente devido ao hábito de fumar. Aproximadamente 94% das mortes por câncer de pulmão em adultos estão relacionadas ao cigarro.
O hábito de fumar também aparece associado a doenças cardiovasculares e vários tumores. E os fumantes passivos – aqueles que convivem no mesmo ambiente e inalam a fumaça involuntariamente – também são vítimas de inúmeras doenças pulmonares, como bronquite crônica, enfisema pulmonar e câncer de pulmão.
As ações empresariais e governamentais, com leis de proibição em locais fechados, bares e restaurantes, são um reforço para que os fumantes abandonem o vício. Mas largar o cigarro utilizando apenas a força de vontade pode ser um enorme desafio, especialmente porque os fumantes lidam com a combinação de falta de nicotina, abandono de um forte hábito e a tentação de ver pessoas fumando ao seu redor. Apenas 5% das pessoas que tentam parar de fumar, sem auxílio de medicamentos, conseguem. Porém, os medicamentos existentes para auxiliar na interrupção do vício são eficientes: 40% dos fumantes que usam algum tipo de medicação conseguem abandonar o vício.
Os fumantes que utilizam as terapias de reposição de nicotina, como goma ou adesivo, para largar o cigarro têm duas vezes mais chances de sucesso do que os que tentam apenas com força de vontade. Estudos clínicos realizados entre 1988 e 1995 demonstraram que em média 70% dos fumantes que utilizaram uma goma de 2mg durante um período de seis semanas pararam de fumar. Os médicos envolvidos com programas antifumo e doenças relacionadas ao vício aconselham algum tipo de apoio ou tratamento para que o fumante consiga parar.
Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!