Projetos sociais na Ceasa

Please select a featured image for your post

A Centrais de Abastecimento de Campinas (Ceasa) celebra as iniciativas sociais com a visita do arcebispo de Campinas, Dom Bruno Gamberini. Ele foi conhecer o Banco Municipal de Alimentos, as hortas comunitárias e o Telecentro do programa Jovem, projetos desenvolvidos pela prefeitura, por meio da Ceasa. Além do Programa Municipal de Alimentação Escolar, do Instituto de Solidariedade Alimentar (ISA), e da cooperativa de reciclagem de resíduos Unidos na Vitória, que funcionam dentro da Central, o arcebispo destacou a importância das pastorais, em especial a da Criança, para as ações sociais onde o poder público não consegue chegar e elogiou o trabalho da atual administração municipal na área da saúde.

O ator Marcos Frota foi a Central tratar com o vice prefeito da parceria que a ONG Universidade do Circo irá estabelecer com a Prefeitura de Campinas. Segundo Frota, Campinas será a sede nacional da ONG, que busca resgatar a cidadania por meio de atividades circenses, e Vilagra é o principal articulador desta atividade na cidade. “Meu trabalho só faz sentido com as ações sociais”, contou Frota.

Após ser recebido pelo presidente, o grupo foi até o Banco de Alimentos participar da entrega de 917 quilos de mantimentos que o Instituto Robert Bosch coletou durante ação da Gincana da Solidariedade da empresa numa arrecadação realizada no Carrefour Dunlop. Foram beneficiadas cinco entidades assistenciais.

As instalações da alimentação escolar e do ISA também foram apresentadas ao bispo. No galpão de estoque da merenda, as nutricionistas explicaram que a Ceasa e a Secretaria Municipal de Educação são responsáveis por 160 mil refeições por dia em quase 600 unidades escolares com prioridade de produtos naturais e saudáveis. No ISA, o grupo foi recebido pelo diretor José Antônio Fernandes Silva, conhecido como Mineiro, e pelo gerente, Jairo Pereira Leite, que explicaram que a ONG arrecada os alimentos dentro da Ceasa, uma média de 330 toneladas por mês, beneficiando 12,5 mil famílias por semana, além de 100 entidades assistenciais.

No Mercado de Flores da Ceasa, o arcebispo e o grupo visitaram o Telecentro Primavera, um espaço que oferece de graça acesso a computadores, internet e cursos de informática para a comunidade interna e da região da Ceasa-Campinas. O último local da visita foi a Cooperativa, que garante trabalho e renda a mais de 20 famílias que sobrevivem da coleta os produtos recicláveis da central, atividade que faz parte do Sistema de Gestão de Resíduos do entreposto.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta