Rei de Mônaco

Em 2017, Brasil e Mônaco comemoram 30 anos da primeira vitória do piloto Ayrton Senna no circuito de Fórmula 1 de Monte-Carlo. Para celebrar este momento, foram planejadas diversas ações no pequeno principado europeu.
Uma delas foi a inauguração de uma placa comemorativa de Senna pelo príncipe Albert II, no mês de maio, em frente ao hotel Fairmont Monte-Carlo, localizado na curva mais famosa da pista de F1. O hotel também inaugurou, recentemente, uma suíte temática em homenagem ao piloto (foto em destaque), com a presença da sobrinha de Senna e gerente geral do Instituto Ayrton Senna, Bianca Senna. O espaço de 90 metros quadrados dedicado ao tricampeão mundial possui fotos da coleção, livros e outros itens que pertenciam a ele, como um capacete original de 1987 e o volante autografado da Lotus 99T.
Considerado o único “rei de Mônaco”, Senna é, até hoje, o maior vencedor da etapa Monte-Carlo e subiu ao pódio do principado seis vezes durante sua carreira, sendo cinco delas seguidas. Esta conquista tão importante fez com que o brasileiro se tornasse um ídolo não apenas em seu país de origem, mas também no destino europeu. Tanto que um dos principais museus da localidade, o Acervo de Carros Antigos, coleção pessoal do príncipe Rainier III com cerca de 100 veículos de todos os tipos e épocas, tem uma seção reservada apenas ao piloto.

foto Jerry André

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta