Renault mostra Twingo R.S. RB7

Depois do Clio R.S., agora é a vez do Twingo R.S. ganhar uma série limitada para comemorar o título de campeão do mundo de construtores da Fórmula 1 em 2011: o Twingo R.S. Red Bull Racing RB7. O Twingo R.S. é um veículo que combina prazer de dirigir, performance e esportividade. Sua configuração inclui rodas pretas de 17 polegadas modelo Gana, R.S. Monitor (sistema de telemetria embarcado) e a faixa no teto que remete ao quadriculado característico da Renault Sport.

O Twingo R.S. Red Bull Racing RB7 se beneficia do know-how da Renault Sport obtido nas competições em circuitos, em ralis e nas ruas. Para isso, ele traz um motor de 1.6 litro – 16 V com 133 cavalos e 160 Nm de torque.

O chassi “Copa”, cuja distância do solo é 4 mm rebaixada em relação ao chassi “Sport”, acentua as performances graças a um menor coeficiente de transferência de carga, proporcionando um maior prazer de dirigir. As regulagens dos amortecedores e a dureza das molas, aumentada em 10%, melhoram o controle dos movimentos da carroceria. O R.S. Monitor é um sistema funcional e lúdico, inspirado na telemetria e nas competições, que exibe os parâmetros de auxílio à condução esportiva.

O Twingo R.S. Red Bull Racing RB7 inclui os atributos de design dos autênticos carros esportivos da Renault Sport: a frente agressiva, com um logo aumentado e verticalizado sobre fundo escuro, ilustrando a nova identidade visual da marca, assim como o para-choque dianteiro equipado com uma lâmina aerodinâmica inspirada na Fórmula 1; a esportividade da traseira é destacada pelas passagens de roda aumentadas, um spoiler e um difusor. Além das qualidades próprias ao Twingo R.S., a cor Preto Nacarado da carroceria, associada aos detalhes em Amarelo Sirius da lâmina tipo F1, das capas dos retrovisores e do spoiler, acentuam a esportividade da Série Limitada Red Bull Racing RB7. Este design é ainda reforçado por uma faixa de teto quadriculada característica da Renault Sport (que remete à bandeira quadriculada que encerra os grandes prêmios) e faixas nas portas laterais “Red Bull Racing”, com as cores da escuderia da Fórmula 1.

Assim como no Twingo R.S. o interior é valorizado por partes amarelas no volante, nos bancos e na moldura do painel. Toques de preto brilhante completam o painel, o console do rádio, o display do conta-giros e os difusores de ar laterais. Em termos de tecnologia, o novo rádio First e o sistema R.S. Monitor são oferecidos de série.
A exclusividade desta série limitada é lembrada pela presença de uma placa numerada “FIA 2011 World Champion”, assim como pela presença do selo com o logo Renault Sport no pomo do comando de marchas.

Assim como no Clio R.S., a série limitada Twingo R.S. Red Bull Racing RB7 ilustra as transferências de competência entre a competência da Renault na Fórmula 1 (nesta temporada, a Renault é fornecedora motores para as escuderias Red Bull Racing, Equipe Lotus de F1, Equipe Caterham de F1 e Equipe Williams de F1) para os veículos de série. Futuramente, ela será apresentada no Mégane R.S.
A saga Twingo R.S.

Produzido em Novo Mesto (Eslovênia) desde o início de sua produção, no segundo semestre de 2008, atualmente o Twingo R.S. é comercializado em três continentes: Europa, Ásia e África. Desde o seu lançamento, ele se situa entre os 3 veículos mais vendidos na Europa no segmento A de alta performance, com uma participação no segmento de quase 50% na França.

Com mais de 12.000 unidades produzidas, o Twingo R.S. é comercializado em aproximadamente vinte países e, desde o seu lançamento, evoluiu principalmente com a chegada da nova versão, em fevereiro de 2012, com uma variante esportiva da nova identidade visual da Renault. Pena que o modelo não será ofertado no mercado brasileiro.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta