Saiba como manter os cabelos saudáveis no verão

Aproveitar as delícias do verão, seja na praia ou piscina, exige alguns cuidados, inclusive com os cabelos. Assim como com a pele, o sol intenso é agressivo para os fios.

Por isso, com a ajuda da dermatologista especialista em tricologia Andrea Frange, destacamos alguns cuidados simples e práticos que vão ajudar o cabelo a não sentir tanto os efeitos da época mais quente do ano.

O protetor solar deve ser um dos primeiros itens da lista de cuidados diários e, no verão, o uso desse produto é ainda mais importante. Mas, a proteção solar não deve se limitar à pele. “Principalmente nesse período é interessante buscar por filtros de uso capilar. Ou pelo menos passar um protetor térmico para evitar os danos que a exposição ao sol pode trazer aos fios”, explica a dermatologista.

Além disso, ela recomenda aproveitar os dias quentes para deixar de lado o uso de secadores ou qualquer aparelho com fonte de calor. “O calor pode levar a quebra, ressecamento e pontas duplas, além da perda de queratina. A redução dessa substância que compõe o córtex dos fios pode resultar em seu afinamento, e como uma das consequências temos o aumento do frizz”. No entanto, Andrea acrescenta: “Na hora de dormir, melhor secar os fios usando uma fonte de calor artificial do que ficar com eles molhados.”

Que calor!

Prender o cabelo – de forma suave, sem muita tração e se preocupando em escolher um prendedor adequado – pode ser uma alternativa tanto para refrescar quanto para que os fios não fiquem muito em contato com o suor. “Os sais do suor, de certa forma, acabam prejudicando um pouco a saúde do cabelo”, explica a médica.

Ampliar a frequência das lavagens pode ser outro ponto interessante. A prática, além de ser mais uma forma de aliviar o calor, ajuda principalmente para quem tem cabelos oleosos. “Dê preferência para uma temperatura de morna para fria. A água quente estimula a produção de sebo pelas glândulas sebáceas, piorando a oleosidade do couro cabeludo e aumentando o ressecamento da haste dos fios.”

Andrea destaca ainda que lavar o cabelo mais vezes, associado com o calor da estação, exige alguns cuidados mais específicos. Por isso a importância de sentir a necessidade do cabelo e investir em produtos de acordo com essa percepção e próprios para cada tipo de cabelo. Ela indica fazer um rodízio com produtos que tenham óleos vegetais, inclusive usando óleo de coco em natura, para promover a nutrição, e cremes com queratina para a reconstrução. “Assim, é possível atender as principais carências que os fios podem sofrer durante esse período”, acrescenta. E lembra: “Inicie com a lavagem. Ela deve ser feita de maneira delicada no couro, não necessariamente se estendendo para os fios, porque pode ressecá-los. Em seguida retire apenas o excesso de umidade e aplique a máscara ou creme só no comprimento. Deixe agir o tempo indicado na embalagem ou por cerca de 20 minutos”.

Couro cabeludo: também é importante se preocupar!

Pode parecer estranho, mas para pessoas que têm uma quantidade menor de cabelo ou os fios são finos, expondo o couro, é importante passar protetor solar nas áreas que ficam descobertas para evitar a queimadura da pele dessa região. Além disso, Andrea explica que é importante usar algum tipo de proteção física, dando preferência para bonés e chapéus que cobrem a cabeça como um todo, sendo mais uma proteção para os fios. Outra dica é buscar nesses acessórios um tecido especial que tem proteção FPS em sua composição.

Já para um detox de resíduos tanto do couro cabeludo quanto dos fios, a médica indica shampoos anti resíduos ou com surfactantes. “Também existem no mercado shampoos com microesferas que funcionam como esfoliantes. Mas é preciso usar com moderação para evitar o ressecamento do couro e do comprimento”, finaliza.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!