Saúde ao volante

O primeiro semestre de 2017 está sendo muito propício para o descanso dos brasileiros. Depois de dois feriados (Páscoa e Tiradentes), mais um feriado se aproxima: o Dia do Trabalho. Nestas ocasiões, muitos aproveitam a folga para viajar de carro. Porém, a BlaBlaCar, plataforma de caronas, alerta que não é só o automóvel que precisa de revisão e cuidados antes de pegar a estrada e durante o caminho, pois é importante estar atento à saúde de quem assume o volante. Horas de viagem dirigindo na mesma posição pode trazer problemas sérios ao corpo, como dores musculares, nas costas, na cabeça e nos braços.
Segundo o ortopedista Fabiano Cunha, o simples ato de dirigir em uma estrada pode gerar estresse e tensão. Por isso, é importante conhecer os limites do corpo, estar descansado, alimentado e hidratado, entre outras recomendações:

Fazer caminhada e alongamento
Se o condutor estiver dirigindo por mais de duas horas, é necessária uma pausa para caminhar por cinco minutos para melhorar a circulação sanguínea nas pernas e relaxar a coluna. “Quando sentamos, o peso fica todo na coluna, o que é muito prejudicial. Esta parada também permitirá respirar mais calmamente, melhorando a oxigenação cerebral e dos órgãos”, afirma o médico.
O doutor também aconselha fazer um alongamento, movimentando o joelho na altura do quadril, como se fosse marchar. Depois, com as mãos na cintura, fazer movimentos para a esquerda e direita com o tronco, para alongar a coluna. Por último, movimentos circulares do pescoço, cabeça, braços e punhos.

Atenção aos líquidos e alimentos
O especialista recomenda evitar comer muito e dirigir logo em seguida, porque aumenta a chance de o condutor sentir sono no caminho. Além disso, ingerir líquidos como água ou suco durante a viagem melhora a circulação sanguínea e reduz o sono. A ingestão de alimentos leves também é importante porque dirigir consome energia, principalmente cerebral.

Cuidado com a postura na direção
A posição normal de dirigir deve ser a mesma de sentar em uma cadeira, no ângulo de 90 graus. Porém, muitos carros têm bancos que colocam o joelho em uma posição mais alta do que o quadril. Nestes casos, a recomendação é colocar uma pequena almofada no assento, na parte de trás, e sentar em cima dela de forma a manter a mesma altura entre quadril e joelho. 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta