Sustentabilidade

Please select a featured image for your post

A Câmara Municipal de São Paulo promove amanhã, dia 8 de maio, a 11ª Conferência de Produção Mais Limpa e Mudanças Climáticas da Cidade de São Paulo. O evento reunirá especialistas em meio ambiente, educadores, estudantes, membros do poder público e representantes do setor privado em debates e painéis sobre os desafios da sustentabilidade e da proteção ambiental no século XXI. O tema da conferência é “Governança para Sustentabilidade”.

Em 2012, a Conferência P+L será uma prévia da Rio+20, grande reunião que será realizada em junho na cidade do Rio de Janeiro. A Cúpula da Terra, como é conhecido mundialmente o evento, reunirá representantes de quase todos os países para discutir soluções para os problemas ambientais modernos.

“A Conferência terá um papel fundamental na renovação do compromisso da Cidade de São Paulo com o desenvolvimento sustentável. Ao ser declarado oficialmente um evento preparatório da Cidade de São Paulo Rumo à Rio+20, prosseguiremos com a transição cada vez mais intensa para uma economia verde e a busca incessante pela erradicação da pobreza. Com atuação conjunta entre poder público, iniciativa privada e sociedade civil organizada, as nossas ações devem preencher as lacunas e alcançar uma maior integração entre os três pilares do desenvolvimento sustentável – o econômico, o social e o ambiental”, comenta Gilberto Natalini, proponente da Conferência.

O evento começará com uma palestra magna comandada pelo vice-prefeito, secretario do verde e meio ambiente do Rio de Janeiro e presidente do grupo de trabalho da Rio+20, Carlos Alberto Muniz. O objetivo é mostrar um histórico da evolução da questão ambiental no Brasil, desde a realização da ECO 92, e destacar o papel fundamental dos governos locais na construção de um novo modelo de desenvolvimento.

Haverá um total de três painéis durante o dia. O primeiro discutirá questões de “Governança Ambiental Internacional”, ressaltando a importância do conceito de desenvolvimento sustentável e enfatizando a importância de esforços conjuntos para lidar com controle de poluição, desenvolvimento econômico, escassez de recursos naturais e redução da pobreza.

O segundo painel tratará da transição para uma economia de baixo carbono. Serão discutidas práticas para proteger e melhorar a base de recursos naturais e promover padrões de consumo e produção sustentável, pautadas em processos com baixa emissão de GEE.

O terceiro falará sobre questões de justiça social, apresentando iniciativas que emergem da sociedade e que mobilizam grupos variados em torno de princípios da sustentabilidade, da democracia e da cidadania. O objetivo é estimular a reprodução dessas práticas em todo o país, substituindo tecnologias incompatíveis com sociedades sustentáveis.

A 11ª Conferência P+L será realizada no Memorial da América Latina, localizado na Barra Funda, das 8h às 17.

 

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta