Turismo no Chile

Please select a featured image for your post

O terremoto de 8.8 graus que atingiu a zona Centro-Sul do Chile na madrugada do sábado, dia 27 de fevereiro, causou estragos devastadores em algumas regiões do país, principalmente em cidades próximas de Concepción, localizada a 520 km ao sul de Santiago, capital do Chile. O abalo ainda atingiu cidades ao longo de 400 quilômetros do epicentro em Concepción, atingindo Santiago, Talcahuano, Temuco, Constitución, Cauquenes e pequenos povoados costeiros, que também sofrerem com tsunamis.

“Chile é um país que sabe sair adiante uma e outra vez, enfrentando a adversidade e as dificuldades que a natureza nos coloca nosso caminho. Não tenho dúvidas que esta será uma tarefa dura, mas assim como se tem apresentado em numerosas oportunidades, novamente estará pronto firme e de pé. Turismo Chile continuará dando às boas-vindas a todos os viajantes que chegam a esta remota terra e faremos todo o possível para que sua estadia seja os mais agradável e segura possível”, afirma

Confira as informações sobre o terremoto e suas consequências nas cinco regiões turísticas do Chile, Pablo Moll, gerente geral da Turismo Chile.

Deserto: O Norte do Chile não se viu afetado pelo terremoto. Não se registrou nenhum tipo de danos.

Ilha de Páscoa: Está localizada a 3.500 quilômetros de distância do continente e a cinco horas e meia de viajem em avião desde Santiago. Não foi afetada pelo terremoto. Informes iniciais falaram de um possível tsunami, mas tudo se tem mantido em absoluta normalidade.

Santiago e Regiões centrais: O Terminal de Passageiros do Aeroporto de Santiago sofreu danos estruturais. As pistas de aterrissagem e as plataformas do principal terminal aéreo nacional não apresentam problemas. O trânsito de passageiros vem se normalizando e as pessoas que chegam são trasladadas em ônibus ao centro de Santiago, esperando reparar as áreas afetadas. As telecomunicações e a eletricidade estão quase completamente normalizadas e tanto o transporte público como o metrô funcionam com normalidade. Valparaíso e Viña del Mar registram principalmente danos materiais em prédios de construções mais antigos. O Festival Internacional da Música, que se realiza anualmente na Quinta Vergara, foi suspenso um dia antes da cerimônia de clausura.

Lagos e Vulcões: A zona norte da região, que inclui lagos e vulcões próximos a cidade de Concepción e do rio Bio-Bio, é uma das mais afetadas. As autoridades ainda trabalham para determinar os efeitos reais do terremoto. Danos em estradas e caminhos interiores dificultam o trabalho de ajuda e resgate. Pouco a pouco se restabelecem as comunicações, os serviços de água potável e a eletricidade. A zona sul da região onde se encontram os lagos e vulcões não foi afetada. As operações turísticas em Pucón, Puerto Varas e Puerto Montt, três importantes destinos de viajantes e turistas, funcionam normalmente.

Patagônia: Toda esta zona não foi afetada e não reporta problemas de nenhum tipo.

 

 

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!