Volkswagen mostra novo Gol e novo Voyage

A Volkswagen acaba de apresentar o novo Gol e o novo Voyage. Na prática, apenas um face-lift para adequar o estilo dos produtos ao design mundial da marca que começou no Brasil, com o Fox. E para dar um pouco mais de ânimo a essa mudança estética, a marca aproveitou par rechear os produtos com algumas novidades. Uma delas é a evolução da motorização 1.0 litro, e novos equipamentos de série. Os novos modelos começaram a ser comercializados no fim de julho nas concessionárias da marca.
 
O Gol e o Voyage passam a contar com a linguagem mundial de design da Volkswagen, com elementos visuais mais expressivos, principalmente pelos faróis mais inclinados. Outra mudança é que na parte inferior da lateral das versões topo de linha, todo o contorno passa a ser preto. A coluna “B” conta também com tape preto. As lanternas traseiras também estão maiores, com nova forma. Outro detalhe é a inclusão dos retrorrefletores na parte inferior do para-choque traseiro.
 
Outra novidade no Voyage é que o sedan passa a ser equipado com lanterna dupla, parte fixada na tampa traseira, parte localizada na lateral da carroceria. Essa é a mesma solução que a Fiat usou no Grand Siena, apresentado no início desse ano.
 
Mais equipamentos
 
As novas versões passam a trazer, entre outros equipamentos, mais itens de série. Desde a versão de entrada com os motores 1.0 e 1.6 até às configurações topo de linha (Gol Power e Voyage Comfortline), fazem parte da lista de série itens como vidros dianteiros com acionamento elétrico, travamento central e abertura interna da tampa do porta-malas. O Gol traz também limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro com temporizador.
 
O interior recebeu algumas mudanças de maneira discreta. Entre elas estão as saídas de ar com regulagem milimétrica e novo visual. O painel ganhou iluminação de LEDs em branco. Já a iluminação do console passa a ser em vermelho, inclusive o visor (display) central.
 
BlueMotion
 
Pela primeira vez, a Volkswagen coloca à disposição do cliente o pacote de equipamentos BlueMotion Technology. Desenvolvido com base no conceito BlueMotion, o novo pacote faz o Novo Gol e o Novo Voyage consumirem até 8% menos combustível. Disponível com a nova motorização 1.0 litro TEC (Tecnologia para Economia de Combustível), essa configuração adiciona ao Gol e ao Voyage pneus “verdes” nas medidas 175/70 R14, com menor resistência à rolagem, e indicador digital de consumo instantâneo de combustível. O pacote contempla ainda indicador digital de marcha ideal a ser utilizada.
 
Motor 1.0 litro TEC
 
Os novos modelos Gol e Voyage estreiam a geração de motores 1.0 litro, da família EA111. O motor traz a denominação TEC, com melhorias de torque em baixas rotações, economia de combustível e redução de emissões de CO2. O motor TEC foi desenvolvido inicialmente como um dos principais recursos do Gol com o pacote BlueMotion Technology e tem o benefício de economia de combustível que chega a até 4%, em relação ao motor 1.0 litro VHT. O motor TEC é Flex. Quando abastecido com etanol (E100), a potência do motor TEC é de 76 cv a 5.250 rpm e o torque é de 10,6 kgfm a 3.850 rpm. Quando abastecido com gasolina (E22), a potência é de 72 cv a 5.250 rpm e o torque é de 9,7 kgfm a 3.850 rpm.
 
Motor 1.6 litro
 
O já conhecido motor 1.6 litro EA111 VHT, também disponível para as versões topo de linha do Gol e do Voyage, recebe ações de redução de atrito. Assim como no motor TEC, os retentores das válvulas, do eixo comando e da flange do virabrequim, também contribuem para a redução de atrito, mantendo a vedação à passagem de óleo. Esta redução de atrito proporciona menor consumo de combustível. De resto, não forma feitas outras mudanças.
 
Quando está abastecido com etanol (E100), a potência do motor é de 104 cv a 5.250 rpm e o torque é de 15,6 kgfm a 2.500 rpm. Quando está abastecido com gasolina (E22), a potência é de 101 cv a 5.250 rpm e o torque é de 15,4 kgfm a 2.500 rpm. A transmissão automatizada ASG (iniciais de Automated Sequential Gearbox) conhecida por I-Motion continua a mesma, e pode ser aplicada apenas no motor 1,6 litro.
 
Nova arquitetura eletrônica
 
Segundo a Volkswagen, os novos veículos receberam uma arquitetura eletrônica nova. Esse sistema eletrônico possibilitou a instalação de novos equipamentos. Entre eles está o “Comfort Blinker”, item que possibilita que o motorista, com um leve toque na alavanca de seta, indique a direção que pretende ir, sem necessariamente acionar a alavanca de seta completamente. Outro recurso é a inclusão do sistema ESS (Emergency Stop Signal ou Sinal de Frenagem de Emergência). O ESS funciona como um alerta para evitar colisões traseiras Caso o motorista pressione o pedal de freio de forma acentuada, mantendo uma frenagem mais consistente, o sistema de segurança aciona as luzes traseiras de frenagem de forma intermitente. Após essa frenagem, com o veículo em estado estático, as luzes de freio param de piscar e o ESS aciona as luzes de pisca-alerta, indicando que o veículo parou.
 
Outra novidade é a mudança no sistema de som, que concentra todos os seus recursos tecnológicos na parte frontal do rádio – inclusive a entrada auxiliar e USB. Seguindo a iluminação em vermelho do restante do painel, o rádio também tem maior interação com o I-System, transmitindo praticamente todas as informações exibidas na tela do rádio no display central do painel de instrumentos. Quando o Gol ou o Voyage estão equipados com o sensor de aproximação de obstáculos traseiros (opcional), o rádio exibe na tela central a silhueta digital no formato da carroceria do veículo (visto de cima), exibindo uma barra que vai se aproximando do veículo à medida que a distância do obstáculo diminui. O sistema ainda conta com o auxílio sonoro (beep), que vai aumentando a intermitência conforme o carro se aproxima do objeto.
 
O Gol e Voyage inovam com um sistema chamado ECO Comfort. Esse dispositivo está presente em todas as versões (com I-System) e orienta o motorista a dirigir de forma mais econômica, por meio de mensagens no painel (instrumento combinado), que podem ser selecionadas para aparecer tanto com o veículo parado como em movimento. Por exemplo: se o ar-condicionado estiver ligado e o vidro for abaixado mais de 20%, aparecerá a seguinte mensagem no instrumento combinado: “Ar condicionado ligado; fechar janelas”. Com o veículo parado, o ECO Comfort também pode emitir alertas visuais com as mensagens: “Não acionar o pedal do acelerador na partida do motor” e “Não acionar o pedal do acelerador com o veículo parado”.
 
Outra mudança sutil nos modelos são as novas opções de tamanho e design das rodas. Assim, são dois tipos de estilos de calotas, que diferenciam as rodas de aço de 14 e de 15 polegadas. Já o conjunto de liga-leve podem ser rodas de 14, 15 ou 16 polegadas disponível para as versões 1.6.
 
História
 
O Gol é o veículo mais vendido no mercado nacional há 25 anos consecutivos. O projeto, iniciado em 1976, foi desenvolvido levando em conta as condições de uso no Brasil. O primeiro Gol chegou ao mercado em 1980. A segunda geração veio em 1995. Em 1999, foi lançada a terceira a geração, seguida pela quarta geração (2005) e pela quinta geração (2008). Ao longo desses 32 anos, o Gol já acumula mais de 6 milhões de unidades comercializadas, e é o modelo de maior sucesso na história da indústria automobilística brasileira. Ele também é o veículo feito no Brasil mais vendido no exterior, com mais de 1 milhão de unidades exportadas para mais de 60 países.
 
Já o Voyage teve um desempenho mais modesto. Ele acumula mais de 1 milhão de unidades vendidas ao longo de sua história. O sedan é o derivado do Gol. Lançado em 1981, o Voyage já teve mais de 300 mil unidades exportadas para 58 países. Passando por várias atualizações em design e conteúdo, o sedan teve em 1996 sua produção encerrada, após 465.176 unidades fabricadas, dando lugar na época ao Polo Classic. Em 2008, após 12 anos de ausência do mercado, o Voyage ressurgiu juntamente com o Gol.
 
Preços
 
A versão de entrada do Gol reestilizado, com motor 1.0, parte de R$ 27.990. Com motor 1.6, o carro custa R$ 31.890 com câmbio manual e R$ 34.490 com transmissão I-Motion. O Gol Power sai por R$ 38.290, enquanto seu similar automatizado custa R$ 40.890.
 
No caso do Voyage, o preço inicial é de R$ 29.990 (com motor 1.0). A versão de entrada com motor 1.6 sai por R$ 34.590 manual e R$ 37.190 no I-Motion. Com o pacote Comfortline, o Voyage custa R$ 40.890, chegando a R$ 43.490 no I-Motion.
Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta