Volkswagen Passat CC

por Jorge Augusto       fotos Marcelo Alexandre

Você é um daqueles raros clientes que compram um carro pelo que ele realmente oferece!? Não está preocupado em ostentar uma determinada marca apenas pelos status que ela oferece. Busca verdadeiros diferenciais em performance, conforto e recursos tecnológicos. Pois bem, a boa notícia é que existem algumas opções de veículos que conseguem entregar mais que produtos de marca de grife, sem cobrar absurdamente caro por isso. E entre essas opções, está o belo e sofisticado Volkswagen Passat CC, que tem um pouco de tudo. É ao mesmo tempo um luxuoso sedan de quatro portas e um cupê esportivo com muita potência.

O Passat CC é a mistura única de um carro que serve para longas viagens com elevado conforto, ao mesmo tempo que entrega uma tocada esportiva capaz de fazer inveja a muitos esportivos. Essa categoria de carro, chamada de cupê de quatro portas, foi inaugurada pela Mercedes-Benz, com o CLS em 2004, depois disso, várias montadoras resolveram testar a fórmula. A Volkswagen entrou nessa onda e apresentou ao público no Salão de Detroit (EUA), em maio de 2008, o Passat CC que logo chegou ao mercado Brasileiro, em março de 2009. A sigla CC vem de Comfort Coupe.

O Passat CC é vendido exclusivamente para os clientes premium da VW e trata-se de um carro grande mesmo. O modelo tem distância entre eixos de 2,70 m, largura de 1,85 m e comprimento de 4,79 m. Ainda sim, tem um perfil baixo, com altura de apenas 1,41 m. O teto é rebaixado, ao estilo cupê, e que uma linha que se estende do pára-brisa à traseira, em forma de arco que corre pelas laterais. Verificando com mais detalhes a parte externa, nota-se a ausência da moldura dos vidros nas portas laterais, no melhor estilo do carro cupê. As belas rodas, que imitam as aletas de uma turbina, são de liga leve com aro 18 polegadas. Ainda que o modelo não esteja alinhado com o atual estilo de desenho da marca, o Passat CC tem um presença única e inquestionavelmente elegante.

Interior

Tão belo por fora, ao mesmo tempo que é eficiente e confortável por dentro. Não faltam recursos ao motorista e passageiros. O conforto é um capítulo à parte no Passat CC. Tudo que se espera de um sedan de luxo está presente, como bancos em couro de alta qualidade com aquecimento, volante multifunção esportivo de três raios, diversos sistemas para a comodidade e apoio a condução e potencia de sobra.

Os bancos têm ajuste elétrico, sendo que o do motorista vem com memória, o que facilita ainda mais a achar a posição de dirigir perfeita sem se preocupar se outro motorista vai utilizar o carro. Para quem espera mais, existem três níveis de aquecimento nos bancos da frente.

Equipamentos

Os ocupantes do Passat CC contam com um sofisticado sistema multimedia que engloba sistema de som com CD player, entrada multimídia, entrada para SD Card e conexão auxiliar tipo P2. E tudo isso é reproduzido em oito caixas de som espalhadas por todo o interior do carro. Ainda que não seja um som de grife (tipo Bose) a qualidade é muito próxima a carros equipados com esses sistemas.

O pleno conforto continua inclusive no sistema de ar-condicionado Climatronic com duas zonas. Detalhe interessante no sistema é a recirculação que pode operar em modo automático, ou a insuflação de ar, que numa mesma temperatura pode operar em modo “soft” ou “normal”, sempre com o controle automático da temperatura.

Tecnologia embarcada é assinatura deste modelo. Entre os pontos está o display multifunção que permite monitorar a pressão dos pneus, como também realizar diversas configurações do carro. O motorista pode escolher o nível de iluminação na região dos pés, configurar alertas do carro, checar o funcionamento de sistemas e acompanhar diversas funções do carro, como temperatura do óleo do motor, por exemplo.

Também está presente o “coming/leaving home”, uma espécie de temporizador que mantém os faróis acesos durante tempo suficiente para que, na garagem escura, se encontre a chave de casa. O Sensor de chuva e controlador de velocidade também são de série. A capacidade do porta-malas é de 452 litros, suficiente para o carro

Outro detalhe tecnológico é o freio “de mão”, que pode ser acionado por um botão, com função que mantém o veículo estático enquanto o pedal do acelerador não volta a ser pressionado.

Ainda são oferecidos como itens de série o sistema Kessy de acesso ao veículo (entrada e partida sem a necessidade da chave), Park Assist de segunda geração (para vagas paralelas e perpendiculares) e rádio com sistema de navegação embutido no painel e tela touch-screen. Opcionalmente a Volkswagen oferece são pintura externa metálica ou perolizada e teto de vidro panorâmico.

Motor

Entre tantos diferenciais que se destacem, uma atenção muito especial para o motor. Sob o capô o Passat CC um eficiente V6 de 3.6 litros FSI (sistema de injeção direta de última geração) que produz 300 cavalos de potência e 6.600 rpm e 35,6 kgfm de torque entre 2.400 e 5.300 rpm. Ainda que o Passat CC pese 1.635 kg, a agilidade é de fazer inveja a muito carro esportivo ou de “grife”. De cara, pode-se afirmar que nenhum outro sedan de luxo, até R$ 200 mil, oferece essa potência no mercado brasileiro. E mesmo se incluirmos todos os tipos de carro até esse valor, será difícil encontrar outro com os mesmos 300 cavalos.

Em conjunto com essa usina de força, está a eficiente é precisa transmissão robotizada de dupla embreagem, batizada de DSG. O carro ainda inclui o sistema Tiptronic e borboletas atrás do volante, para o motorista interagir plenamente com as seis marchas. E se tudo isso ainda não fosse o bastante, soma-se a tração intergral 4Motion.

Desempenho

Segundo a marca, o Passat CC acelera de 0 a 100 km/h em menos de 6 segundos e chega à velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente. E nesse ponto, tem muito carro de grife, bem mais caro que o Passat CC, que não consegue chegar nem perto desses números. E mesmo com esses resultados bem expressivos, o Passat ainda é eficiente. Dirigindo o carro na estrada, com ar-condicionado ligado, à 110 km/h, a média é de 10 km/l de gasolina. Na cidade, no trânsito, a média cai para 6,5 km/l. Não podemos esquecer que é um V6 de 300 cavalos com 1.635 kg! E com um tanque de 68 litros, autonomia não faltará para longas viagens.

É impressionante como o Passat CC consegue ser a bela e a fera ao mesmo tempo. O rodar macio e confortável transmite total segurança ao motorista. E basta uma pisar fundo no acelerador, para o carro revelar toda sua potência, numa aceleração realmente consistente e sem qualquer perda. Afinal, com um câmbio de dupla embreagem que troca marchas em milésimos de segundo, somado a uma tração integral e diversos sistemas de assistência, não poderia ser diferente. E para assegurar a total sensação de dirigir sobre trilhos, o CC oferece suspensão independente nas quatro rodas. E pra finalizar a super performance, pneus esportivos de medida 235/40 de raio 18 polegadas.

Segurança

Na parte relacionada à segurança, estão disponíveis os faróis bixenon direcionais (o facho aponta para onde se vira o volante) com lavador e ajuste automático de altura. Soma-se freios com ABS e EBD, controle de tração ASR, programa de estabilidade eletrônico, bloqueio eletrônico do diferencial, airbags frontais com duplo estágio além dos laterais e de cortina.

Mercado

A linha 2012 do Passat CC, parte de R$ 208 mil. No entanto,fica o aviso que a Volkswagen deve trazer o novo modelo para o Brasil ainda esse ano, que agora já chamado apenas de CC na Europa e Estados Unidos. O novo modelo já esta dentro da identidade visual global da marca. A versão 2013 recebeu nosso para-choques, grade, faróis com uma fileira de lâmpadas de LED e lanternas com novo layout das luzes. Além do visual mais atual, ele chega mais recheado com detector de fadiga – que sugere uma pausa quando o motorista está cansado -, alerta de ponto cego e mudança de faixa, ajuste de cabeça longitudinal e novo som com tela sensível ao toque. A marca ainda não revelou a data de lançamento da nova versão.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta