5 dicas de segurança contra vazamentos de dados

O recente vazamento de dados de 223 milhões de brasileiros, identificado no final de janeiro, resultou na exposição de diversas informações pessoais como números de CPF, endereços, fotos, dados de imposto de renda, INSS, entre outros. Considerado um dos maiores casos desta natureza no mundo, infelizmente não foi um evento isolado. Em seguida, houve novo incidente expondo mais de 100 milhões de números de celular e outras informações sigilosas, gerando ainda mais preocupações para todos.

Mesmo com a implementação da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), os vazamentos de dados e as fraudes digitais cresceram na pandemia – de acordo com a FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos), as instituições registraram no ano passado um aumento de 80% nas tentativas de ataques online.

Para o consumidor, é importante seguir algumas dicas para mitigar o risco de um fraudador utilizar seus dados pessoais de maneira indevida.

Confira cinco dicas de segurança contra vazamento de dados selecionadas por Fabrício Ikeda, diretor de prevenção a fraudes da FICO América Latina:

Desconfie de sites de verificação de dados vazados. Muitos deles foram criados propositalmente para capturar dados pessoais e enganar ainda mais a população. Se o site está pedindo muitas informações além do CPF, investigue realmente sua veracidade.

– Monitore seus dados ou histórico de crédito. Além de serviços disponibilizados por alguns birôs de crédito para monitorar seus dados, o BACEN disponibiliza o serviço chamado Registrato para consultar contas e algumas movimentações financeiras.

– Consulte os dados de seus parentes, pois informações de pessoas falecidas e adolescentes também estavam contemplados no recente grande vazamento de dados. Os fraudadores podem usar dados reais de pessoas que não estão vivas ou de não-bancarizados para tentar obter algum produto financeiro, criar identidades sintéticas, gerar faturas falsificadas ou até para praticar extorsão.

– Monitore as transações de suas contas e cartões. Com muitos dados pessoais, os fraudadores poderão tentar invadir algumas contas. Portanto, habilite alertas sobre pagamentos ou transferências, caso exista esse serviço em sua instituição financeira.

– Altere suas senhas ou habilite fatores de autenticação fortes. Alguns serviços permitem que você recupere sua senha ao responder algumas perguntas de desafio, porém se esses dados foram vazados, qualquer um poderia modificá-la. Sempre que possível utilize senhas fortes (há muitas dicas disponíveis) e duplo fator de autenticação.