O que devo saber sobre colesterol?

O colesterol é uma gordura sintetizada especialmente pelo fígado, mas também por outros órgãos do nosso organismo e está presente em diversas concentrações principalmente em alimentos de origem animal. Quando muito elevado, pode representar um fator importante na gênese, na ocorrência de doenças no aparelho circulatório.

Quais são os tipos de colesterol?

Existem, grosseiramente, dois tipos de colesterol: o LDL ou colesterol de baixa densidade, o mau colesterol, e o HDL, colesterol de alta densidade, o bom colesterol. O HDL transporta a gordura para o fígado onde ela é metabolizada e, posteriormente, excretada. O LDL, circula pelo interior dos vasos e pode ser captado pelas suas paredes causando o aparecimento de placas, as quais podem reduzir o diâmetro interno dos vasos, causando a falta de sangue (isquemia) em determinados territórios, causando angina de peito ou infarto do miocárdio no coração ou o acidente vascular cerebral no território da cabeça.

Como eu posso controlar a quantidade de colesterol do meu organismo?

A prática de exercícios leves a moderados frequentes e uma dieta com alimentos pobres em colesterol podem ajudar a reduzir seus níveis, porém 75% do colesterol que corre em nossos vasos, é produzido pelo nosso próprio organismo. A quantidade de colesterol encontrado no nosso sangue, então, é determinada por fatores genéticos e é muito importante saber reduzi-la, quando for necessário.

Quais são os sintomas de ter o colesterol elevado?

Os níveis de colesterol elevado são praticamente assintomáticos, não causam qualquer sintoma, os quais só aparecerão quando ocorrerem as complicações como a angina de peito, o infarto do miocárdio no coração ou a isquemia do acidente vascular cerebral. Raramente, quando muito elevado, o paciente pode apresentar lesões amareladas na pele, que são os xantomas, xantelasma ou nódulos de tendões musculares.

Com o que devo me preocupar, além dos níveis do colesterol, para ter uma vida saudável?

Além do controle do colesterol, é muito importante a adoção de hábitos saudáveis de vida como o abandono do sedentarismo, do tabagismo, o controle da obesidade, do diabete sacarino, da hipertensão arterial e do estresse.

Portanto, tente relaxar, caminhe meia hora ou faça qualquer tipo de exercício físico diariamente, ou pelo menos três vezes por semana; não fume, tenha uma alimentação saudável rica em frutas e vegetais frescos e pobre em alimentos multiprocessados.

Consulte seu médico, controle seu diabete e sua hipertensão arterial e, finalmente, não abandone sua medicação quando prescrita.

Para finalizar, os medicamentos para a redução do colesterol existem, raramente causam problemas, se isso acontecer podem ser substituídos e alguns deles estão disponíveis até na rede pública de saúde, podendo custar muito barato.

Dr. Alberto F. P. Naccarato é médico cardiologista e atende em Campinas – CRM SP 12.166

error: Content is protected !!